Olá, vestibulando!

No post anterior, nós falamos um pouco da função do desenvolvimento na dissertação. Continuando a série sobre estrutura da dissertação, hoje vamos mostrar um exemplo de desenvolvimento bem construído em uma dissertação acima da média e um exemplo ruim de elaboração do desenvolvimento em uma redação abaixo da média, ambas do vestibular da Unicamp 2007, cujo tema era Meios de transporte.

 

Veja a proposta na página 5 em: <http://www.comvest.unicamp.br/vest_anteriores/2007/download/comentadas/1fase.pdf>. Em seguida, vá para a página 9 e leia a redação Cooperação gerando satisfação, uma redação acima da média.

 

Nesta redação, a tese apresentada na introdução é de que o transporte ferroviário no Brasil se tornou obsoleto e isso não poderia ter acontecido, pois este meio de transporte apresenta muitas vantagens em relação aos demais. Para defender essa tese, o candidato vai tratar justamente das vantagens do trem em relação aos outros meios.

 

No segundo parágrafo, o primeiro do desenvolvimento, o candidato apresenta o cenário econômico do Brasil, falando sobre seu papel de grande exportador de produtos primários, para, em seguida, afirma que o trem seria a melhor opção de transporte desses produtos, pois é barato, eficiente (transporta uma grande quantidade de carga) e não depende de fatores climáticos. Ele termina o parágrafo com um gancho para o que irá abordar no próximo: “Mas não é somente às indústrias e produtores agropecuários que tal meio é vantajoso.”

 

Quer um eBook e acesso a um banco com mais de 200 propostas de redação? É só clicar aqui e baixar gratuitamente! :)
 

No parágrafo seguinte, ele acrescenta mais vantagens do trem, utilizando a mesma estratégia: apresenta um cenário, o caos do trânsito nas grandes cidades, para, em seguida, mostrar que o trem se encaixaria bem neste cenário como uma solução para o problema: o trem atende às demandas coletivas, pois é rápido, barato, polui pouco e transporta muitas pessoas. Já no quarto parágrafo, o candidato vai mostrar que o sistema ferroviário está obsoleto (sucateado) porque o governo deu prioridade à rodovia. Em seguida, ele afirma que essa política não deu certo e que o governo deveria investir em trens, mostrando como isso poderia ser feito: por meio de concessões e da criação de agências reguladoras – fiscalizar para funcionar (quinto parágrafo).

 

Perceba que tudo o que o candidato menciona é desenvolvido, ou seja, tudo está explicado, justificado, contextualizado e exemplificado, o que faz com o que a argumentação não tenha lacunas. O leitor consegue entender de onde o autor parte e aonde pretende chegar. Poderíamos esquematizar o desenvolvimento da seguinte forma:

 

Argumento: o trem é o melhor meio de transporte a ser implantado em um país como o Brasil.

Por quê?

Porque é mais rápido, mais barato, menos poluente e mais eficiente. Barateia o transporte de produtos (o que tem impactos positivos na economia) e resolve o problema de locomoção das grandes cidades.

Contra-argumento: Se é tão bom assim, por que não deu certo?

Porque o governo deixou de investir no sistema ferroviário e priorizou o sistema rodoviário de transporte.

Então, como resolver a questão?

Com a união de governo (concessões/fiscalização) e da iniciativa privada (investimento).

 

Veja que conseguimos recuperar a estratégia argumentativa traçada pelo autor. Isso porque o candidato desenvolveu um bom projeto de texto: ele projetou cada peça do desenvolvimento e a articulação entre elas.

 

Agora leia a redação Governar é construir estradas e conservá-las, na página 11, que é uma redação abaixo da média. Veja a diferença em relação à redação anterior. O desenvolvimento, na verdade não desenvolve nada, apenas se constitui de afirmações sem qualquer sustentação. Ficamos nos perguntando de que forma uma ideia se relaciona com a outra e qual a intenção do autor em veicular essas informações. Ficam muitas lacunas, pois o candidato não constrói raciocínios, são apenas afirmações soltas, já conhecidas de forma geral.

 

Espero que a análise dos exemplos tenha ajudado você a compreender como elaborar um bom desenvolvimento em uma dissertação. Como exercício, você pode fazer dois ou três desenvolvimentos para uma mesma tese. Isso ajudará você a perceber como um mesmo tema pode ser desenvolvido de diferentes maneiras e também a aprimorar a escrita dessa parte da dissertação.

Bons estudos e até a próxima!

Profa. Danusa

 

Treine redação online para o Enem em nossa comunidade gratuitaTenha seus textos corrigidos por membros da comunidade e melhore seu resultado semana após semana.