Olá, vestibulando!

Hoje começaremos uma série sobre algumas palavras que são usadas de maneira equivocada, não só nas redações escolares, como em muitos outros espaços de escrita. Entre esses casos, o que mais nos chama atenção é o uso equivocado de “onde” em contextos sintáticos diversos, o que tem se disseminado na língua. Em nosso curso de redação, muitos alunos frequentemente cometem este erro.

De acordo com a gramática normativa, onde pode ser classificado como um advérbio de lugar e como um pronome relativo. É nesta função de onde que está a confusão. Enquanto pronome relativo, ele pode ser substituído por em que, que, por sua vez, em contextos específicos, pode ser substituído por no qual/na qual.

Ocorre que as pessoas têm feito uma analogia entre esses pronomes e o onde tem sido utilizado como equivalente direto deles, no entanto, este pronome deve ser empregado em um contexto bastante específico: a retomada de lugar, espaço. Ou seja, onde retoma apenas palavras que expressam localização espacial.

Veja os exemplos a seguir para perceber a função de onde:

  • Tenho boas lembranças da casa onde morei quando criança.
  • O evento será realizado em Jundiaí, onde nasceu o escritor.
  • Houve muita repressão na década de 70, onde o Brasil era governado pelos militares.
  • A sociedade atual, onde se percebe um aumento da violência, deve priorizar a distribuição das riquezas.

Os exemplos 1 e 2 apresentam o uso correto de onde, pois podemos substituí-lo, nos dois casos, por “o lugar em que” (Tenho boas lembranças do lugar em que morei quando criança./O evento será realizado no lugar em que nasceu o escritor.). Essa substituição não pode ser feita em 3 e 4, o que nos mostra que esses são usos incorretos de onde (Houve muita repressão no lugar em que o Brasil era governado pelos militares.(?)/A sociedade atual, o lugar em que se percebe um aumento da violência, deve priorizar a distribuição das riquezas.(?)). Em 3 estamos falando de tempo, logo, devemos utilizar um pronome relativo que retome tempo, ou seja, quando (Houve muita repressão na década de 70, quando o Brasil era governado pelos militares.). Já em 4 podemos utilizar os pronomes “em que” ou “na qual” (A sociedade atual, em que/na qual se percebe um aumento da violência, deve priorizar a distribuição das riquezas.)

Nesses casos, onde tem sido usado como um pronome relativo, ou seja, como um elemento que retoma outro elemento na frase para não repeti-lo. No entanto, encontramos em muitas redações o uso de onde mesmo em contextos em que não há retomada, o que causa ainda mais estranheza e prejudica a fluidez da leitura.

Por isso, fique atento. Treine escrevendo bastante e releia toda redação que fizer antes de entregá-la para correção. Quando usar onde, veja se ele está de fato retomando lugar, senão, troque por outro pronome relativo adequado à situação. Aos poucos você vai compreendendo os contextos de utilização desse pronome e seu uso acaba ficando automático.

Bons estudos e até a próxima!

Profa. Danusa 

Treine redação online para o Enem em nossa comunidade gratuitaTenha seus textos corrigidos por membros da comunidade e melhore seu resultado semana após semana.