Você está competindo com um peixinho de aquário (e está perdendo)

6 maio 2021 | Estratégias e Técnicas de Estudo, Motivação | 0 Comentários

Em várias oportunidades, alunos meus disseram que o celular é uma das coisas que mais atrapalham na hora de estudar. É fácil de entender o porquê: é uma tela cheia de atrativos, ferramenta de comunicação e entretenimento sempre à mão (bem literalmente). Mesmo quando você não o usa, ele pode interromper suas atividades e chamar a atenção com notificações. Há sempre o que se fazer quando você pega o celular na mão.

Pois bem, eu tenho duas notícias que vão fazer você gelar, mas você precisa ouvir isso (tecnicamente você vai ler, mas pode usar uma voz específica na sua cabeça, à sua escolha :)⁣
⁣⁣
⁣O celular faz parte da sua rotina, mas ele está destruindo a sua capacidade de aprender, usar a memória e de ter concentração no que faz.⁣

Parece dramático falar assim? Exagero?

Não se engane: eu também uso smartphone. Bastante. Para mim, é ferramenta de trabalho e de comunicação, com um pouquinho de entretenimento também. Eu não estou escrevendo isso para ensinar uma lição a partir de uma perspectiva superior ou coisa assim. Só quero que você (e eu) fique ciente dos verdadeiros efeitos que o uso prolongado de tecnologia está causando no seu cérebro. E a coisa não é bonita.
⁣⁣
⁣Sabe a prova mais chocante disso? Um estudo recente mostra que o tempo de atenção do ser humano tem caído ano a ano, desde que smartphones ficaram onipresentes na vida das pessoas. Em apenas alguns anos, o tempo médio de atenção caiu de 12 segundos (que já é pouco) para meros 8 segundos. ⁣

Isso quer dizer que, se você é como a maioria das pessoas, não conseguiu ler este e-mail até aqui sem se distrair com algum outro pensamento. Oras, muita gente não conseguiu nem chegar aqui, fechou o e-mail e já foi fazer outra coisa.
⁣⁣
⁣Para você ter uma ideia, o tempo de atenção de um peixinho de aquário é de 9 segundos. SIM, você está competindo com um peixinho, e está perdendo, graças aos seus minúsculos 8 segundos de atenção.

⁣Só tem um problema: estudar para o ENEM exige muito mais concentração do que isso. Você vai precisar encarar conteúdos longos, aulas o dia todo e, no final, uma prova de várias horas. Enquanto você estiver perdendo para o peixinho de aquário, simplesmente não vai conseguir encarar isso.⁣
⁣⁣
Pode ser fácil fechar a apostila depois de apenas alguns minutos de tentativa de concentração. Agora é simples. No dia da prova, não tem jeito: são 5 horas de prova. 5 horas dentro da sala, olhando para o papel e tendo que resolver questões e escrever uma redação completa.

Ou você treina para isso, ou nada feito. Sem chance.

Agora vem a segunda notícia (se bem que muitos leitores já teriam esquecido que eu prometi duas, então poderia ter encerrado o e-mail agora mesmo :)

Em um livro recente, um neurocientista francês (Michel Desmurget) trouxe um dado alarmante: pela primeira vez na história, filhos têm QI inferior ao dos pais. Tecnicamente falando, as próximas gerações estão ficando menos capazes intelectualmente, o que é algo chocante.

Os culpados? Dispositivos digitais. É fácil fazer a ligação entre causa e efeito: apenas recentemente os smartphones se tornaram itens realmente universais na vida das pessoas. Quem nasceu depois de 2007, por exemplo, nunca conheceu uma realidade em que o iPhone não existia (o primeiro smartphone “de verdade”, tal como conhecemos hoje em dia). Isso quer dizer que as pessoas já estão nascendo e crescendo completamente imersas no uso desses aparelhos.

A BBC entrevistou o neurocientista, e o conteúdo é muito bom. Recomendo fortemente que você dê uma olhada para entender mais a fundo as origens do problema:

https://www.bbc.com/portuguese/geral-54736513

⁣Então, olha só: vai estudar? Tira o celular de perto. Coloca no modo avião e deixa em outro cômodo ou dentro da mochila. Você não vai perder nada de importante enquanto isso. Faça sessões de estudos de 30 minutos, não 30 segundos (graças a interrupções por notificações o tempo todo). ⁣
⁣⁣
⁣Acha fora da realidade? Pois é o que você precisa fazer para chegar onde quer. Será que você quer MESMO entrar na Universidade?

Um abraço,
Prof. Alexandre

Método Redação Definitiva para o Enem

Z

Correções de redação feitas por professores experientes

Método de escrita completo em vídeos curtos e didáticos

Cadernos Temáticos semanais para você construir repertório sociocultural

u

Tira-dúvidas com os professores e suporte especial

Acesso por 1 ano. Veja as aulas quantas vezes quiser e envie suas redações dentro do período de acesso.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.