Queridos estudantes!
Nós, da EscreverOnline, apresentamos as nossas reflexões acerca da prova de Redação do Vestibular da Unicamp 2018 neste momento, pois procuramos fazer uma análise com foco nos gêneros solicitados: palestra oral e artigo de opinião. Mas antes de falarmos um pouco sobre as características destes gêneros discursivos, gostaríamos de salientar a importância das discussões suscitadas pela prova de Redação da Unicamp. Tanto o tema pós-verdade quanto as reflexões sobre discurso de ódio são assuntos relevantes para a nossa sociedade contemporânea, principalmente quando é pedido para se pensar sobre esses temas relacionados às redes sociais e a influência destes em nosso meio social. Não vamos, entretanto, escrever um texto voltado para o trabalho com os aspectos dos temas, pois daqui a alguns dias a COMVEST liberará a resposta esperada pela banca elaboradora da prova de redação. 
Voltando à questão dos gêneros discursivos, vamos iniciar com o gênero do Texto 1: palestra oral. Temos certeza que, durante as aulas, vocês já devem ter elaborado esse tipo de texto oral. Tentem lembrar como vocês organizaram o assunto para apresentar aos colegas, como iniciaram a apresentação, como estabeleceram contato com o público ouvinte e como finalizaram a palestra. Este exercício de memória é interessante, pois os gêneros demandados na prova da Unicamp sempre são textos que fazem parte da nossa vida real, do nosso cotidiano. 
Joaquim Dolz, professor da Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Genebra (Suiça), afirma que a palestra ou exposição oral é um gênero discursivo que se dá no âmbito público, exige uma certa formalidade na linguagem, sendo necessário organizar e estruturar as informações que serão transmitidas a um auditório. Nesse sentido, na elaboração de uma palestra oral, é preciso que haja planejamento do assunto, antecipação e conhecimento do auditório.
Nesta proposta da Unicamp, pede-se para que a palestra seja feita a partir de um texto que será lido em voz alta para uma auditório constituído por alunos do Ensino Médio, colegas do palestrante. Assim, é imprescindível que o candidato comece o seu texto entrando em contato com a plateia, cumprimentando-a. Na elaboração desse texto é importante, portanto, considerar a condição em que o texto é produzido e, justamente por isso, além de realizar todas as tarefas pedidas na proposta  – i) uma explicação sobre o que é pós-verdade e sua relação com as redes sociais; ii) alguns exemplos de notícias falsas que circularam nas redes sociais e se tornaram pós-verdade; e iii) consequências sociais que a disseminação de pós-verdades pode trazer. –, é necessário estabelecer uma interlocução com a plateia, ou seja, pode-se usar pronomes como ‘vocês’, expressões como ‘nós, estudantes’, ‘meus colegas’. Aliás, essas expressões são interessantes porque, além de estabelecer a interlocução com o público, incluem o palestrante como sendo parte do grupo para o qual ele fala. Por fim, como um palestrante educado, é importante finalizar a palestra, agradecendo a atenção do público. Pode parecer pouco importante, mas esse ponto reforça que você realmente tem habilidade com esse gênero e não está apenas escrevendo uma dissertação sobre a pós-verdade. 
Após essa breve reflexão acerca da palestra oral, iremos falar sobre o gênero artigo de opinião, que também é bem comum em nosso cotidiano. Quem tem o hábito de ler jornais e revistas, sejam veiculados no meio impresso ou digital, já deve ter se deparado com inúmeros artigos de opinião tratando dos mais diversos temas de relevância social. Vamos fazer o mesmo exercício de memória que fizemos com o gênero palestra oral. 
Bom, quando você lê esse tipo de texto, quais são as características que você consegue depreender dele? Ele até parece uma dissertação devido à presença dos argumentos, não é mesmo? Mas uma das características fundamentais do artigo de opinião é a subjetividade, ou seja, nesse tipo de texto, a voz do autor é marcada, mostrando que se trata de uma opinião pessoal. Nesse sentido, o uso da primeira pessoa no singular está liberado no artigo de opinião. Mas se você não a usar, não tem problema, o seu texto não estará errado, pois há diversas formas linguísticas que marcam a subjetividade no texto, como as expressões de juízo de valor. É importante, porém, ressaltar que o artigo de opinião é, acima de tudo, um texto analítico, ou seja, as opiniões expressas ali não são achismos, mas sim opiniões embasadas por meio de análises profundas. 
No texto 2 da prova de redação da Unicamp 2018 é proposto que o candidato elabore um artigo de opinião para discutir sobre uma postagem recente em uma rede social de uma mensagem de ódio contra os nordestinos foi foco de intensa discussão’. O candidato deveria se colocar como o estudante convidado para escrever o artigo que será publicado no jornal mais popular de sua cidade, e teria que apresentar um texto analítico sobre o seguinte tema: Há limite para a liberdade de expressão? No projeto de elaboração do artigo de opinião, o candidato deveria apresentar os diferentes posicionamentos sobre a questão e apresentar, de forma clara, a sua opinião, tendo como base os textos da coletânea. Retomando a característica de que o artigo de opinião é um gênero subjetivo, o candidato poderia, inclusive, se colocar, e deixar marcado em seu texto, que fala enquanto estudante de Ensino Médio.
Em relação à linguagem, ressaltamos que em ambos os gêneros é preciso escrever com base na norma culta. Essa seria a linguagem adequada a estes gêneros, já que um será uma palestra oral, que exige um certo de grau de formalidade, e o outro, um artigo de opinião, que será veiculado em um jornal de grande circulação da cidade.
Bom, fizemos aqui algumas considerações a respeito das características dos dois gêneros, mas o que queremos salientar é que ambos já fazem parte da nossa vida. Por isso, sempre aconselhamos os nossos alunos a lerem os mais diversos tipos de gêneros, de modo a estarem preparados até mesmo para a pouco previsível prova de redação da Unicamp.

Treine redação online para o Enem em nossa comunidade gratuitaTenha seus textos corrigidos por membros da comunidade e melhore seu resultado semana após semana.