Olá, vestibulando!
 
Hoje vamos iniciar a série “O que fazer com essa proposta de redação?”. Por meio dela, regularmente, vamos fazer aqui a análise de uma proposta de redação focalizando algum aspecto textual para que você possa compreender o que é esperado de você na hora da prova e que caminhos você pode seguir para escrever um bom texto.
 
Vamos começar com a proposta de redação do Enem 2003 A violência na sociedade brasileira: como mudar as regras desse jogo?, enfocando a leitura da proposta (Disponível em: <http://download.inep.gov.br/educacao_basica/enem/provas/2003/2003_amarela.pdf>. Acesso em: 12 out. 2015.).
 
A primeira coisa a fazer é observar os textos motivadores. O primeiro material é um gráfico que faz uma comparação mostrando como o valor gasto com segurança é muito alto no Brasil, além de ter dobrado em apenas cinco anos. Este gráfico tem o intuito de chamar atenção para o fato de que o valor gasto com segurança no Brasil é absurdo, sendo diretamente proporcional à escalada da violência no país. Além disso, podemos depreender a partir dele que, investir em segurança não é a solução para o problema da violência, uma vez que, mesmo com todo esse dinheiro gasto, a violência só aumenta.
 
Em seguida, há dois textos que tratam do modo como a violência é encarada no Brasil. O primeiro aponta para a necessidade de se compreender as razões da violência no país, sendo uma delas a desigualdade social. Fazendo isso, o Brasil poderia saber onde deve investir, ou seja, o país saberia que o investimento deve ser feito em áreas que resolvam os problemas sociais, e não em repressão. Já o segundo texto mostra que a violência no Brasil hoje é tão grande que ela parece ser necessária ou inerente à nossa realidade, o que só faz aumentar o medo e reforçar a ideia da necessidade de violência para combater violência, e, por isso, é preciso pensar sobre outras formas de acabar com ela.


Veja que os textos de apoio trazem elementos para que você possa desenvolver o questionamento feito na proposta: “como mudar as regras do jogo?”. Vamos então destrinchar esses elementos?
 
1-Os gastos com a segurança são muito altos e não resolvem o problema → regra: realocar os recursos em outras áreas que possam realmente resolver o problema → de que forma? Mobilizando governo e empresários para criar condições de emprego e renda, diminuindo, assim, a necessidade de entrada no mundo do crime.
2-A causa da violência é a desigualdade social → regra: resolver os problemas sociais → de que forma? Distribuindo renda e melhorando serviços básicos.
3-A violência é combatida com violência → regra: treinar uma polícia que seja enérgica, mas não violenta → de que forma? Criando uma cultura diferente na polícia e aproximando-a da população, a fim de poder estabelecer um vínculo de confiança com ela.
 
Veja que, para cada elemento levantado pelos textos de apoio, podemos depreender uma regra capaz de resolver o problema da violência e mudar este jogo, explicando como esta regra pode ser aplicada. Estes são os elementos fornecidos pela prova e que você pode acessar fazendo uma leitura atenta da proposta. Mas lembre-se de que você não deve se restringir a eles, você deve também mobilizar seu conhecimento de mundo. Você poderia, por exemplo, abordar a necessidade de se acabar com o tráfico de armas a partir de uma fiscalização eficaz das fronteiras, a necessidade de se descriminalizar as drogas para acabar com o seu tráfico, a importância de fortalecer os laços comunitários, de incentivar práticas culturais não violentas, etc.
 
Para contribuir na formação de seu repertório sobre este tema, recomendamos que você veja os documentários “Notícias de uma guerra particular” e “Tiros em Columbine” para refletir sobre a questão da violência, suas razões e como o Estado tem lidado com ela em diferentes realidades (no Brasil e nos EUA, respectivamente).
 
Bons estudos e até a próxima!
Profa. Danusa

Treine redação online para o Enem em nossa comunidade gratuitaTenha seus textos corrigidos por membros da comunidade e melhore seu resultado semana após semana.