Olá, vestibulando!
O ano está passando rápido e logo mais chegam as provas para as quais você tem se preparado. Pensando nisso, hoje trazemos 3 dicas para você otimizar seu estudo em redação e não fazer feio na hora da prova!
 
1- Aprenda a ler as propostas
Não adianta ser um gênio da escrita se você não ler a prova com atenção e fazer exatamente o que ela pede. Como já dissemos várias vezes, a prova de redação é uma prova de leitura e escrita, logo, não cometa o erro de olhar a frase-tema e começar a escrever, por conta do pouco tempo.
Quando o vestibulando faz exatamente o que a proposta pediu, e mais, quando explora os elementos que ela oferece (como textos de apoio, por exemplo), demonstra também que é um bom leitor, e é este tipo de aluno que as universidades querem: um aluno que é um leitor proficiente e que sabe se expressar com clareza por meio da escrita.
Um bom exercício para aprender a ler as propostas é escolher algumas que aparecem nas diferentes provas e tentar extrair delas o maior número possível de informações. Veja o que a proposta oferece de subsídio para a sua discussão, se ela é uma proposta mais ampla ou mais específica, se aborda uma questão antagônica, etc. Fazendo isso, você terá mais segurança para ler a proposta na hora da prova.
 
2- Treine bastante projeto de texto
Como você já deve ter lido aqui no blog, o projeto de texto é o segundo passo a ser seguido na hora da prova (o primeiro é a leitura atenta da proposta de redação). Ele é fundamental para que você possa desenvolver um texto coeso, com progressão entre as ideias e sem fugir do tema.
Uma boa forma de treinar é escolher algumas propostas de redação e, para uma mesma proposta, desenvolver diferentes projetos de texto. Isso não só permitirá que você aprenda a desenvolver um bom projeto de texto, como também fará com que você perceba que há diferentes formas de se tratar um mesmo tema.
Ao fazer este exercício, procure desenvolver teses antagônicas e argumentos que as sustentem para que você possa perceber que todo e qualquer ponto de vista sobre determinado tema pode ser defendido, desde que sejam utilizados argumentos consistentes.
 
3- Escreva, vestibulando, escreva!
É impossível aprender a fazer redação sem escrever. Quando tratamos da teoria nos estudos de redação, não há tanta coisa a se dizer. São alguns aspectos que devem ser observados, mas que, em geral, referem-se também a outros gêneros textuais (como a argumentação) ou à escrita de modo geral (coesão, modalidade e coerência).
Para que você possa desenvolver sua escrita, é imprescindível que você escreva e muito! Procure escrever ao menos uma redação por semana, sem esquecer de submetê-la à correção de um professor, pois, para que a prática da escrita seja aprimorada, é preciso que você saiba onde está errando e o que precisa melhorar. Mas não basta apenas olhar o que errou e seguir em frente, é importante que você reflita sobre os problemas apontados e reescreva seus textos, procurando melhorar ou corrigir estes problemas.
 
Espero que vocês tenham gostado dessas dicas!
 
Bons estudos e até a próxima!
Profa. Danusa

Treine redação online para o Enem em nossa comunidade gratuitaTenha seus textos corrigidos por membros da comunidade e melhore seu resultado semana após semana.